Sustentabilidade
Publicada em
21/05/2013 às 10h00

Próteses personalizadas podem aumentar a autoestima de amputados

Um projeto do Reino Unido intitulado "Alternative Limb" quer ajudar amputados a se adaptarem com as próteses, e até mesmo, se sentirem elegantes com elas, por meio da personalização.

capa-proteses.jpg
Personalização de próteses pode melhorar auto-estima de amputados
Fotos: divulgação

Perder um membro do corpo pode ser um evento angustiante para os pacientes, o que afeta a imagem corporal e, portanto, a autoestima. Um projeto do Reino Unido intitulado Alternative Limb quer ajudar amputados a se adaptarem com as próteses, e até mesmo, se sentirem elegantes com elas, por meio da personalização.

protese-2.jpg

O projeto fundado por Sophie de Oliveira Barata, graduada da Universidade de Artes de Londres, especializada em efeitos especiais para cinema e televisão, permite que os pacientes de amputação personalizem as próteses convencionais de forma criativa. Eles podem criar seus próprios membros sob medida, transmitindo aspectos de sua personalidade e, ao mesmo tempo, ajudando-os a permanecer na moda.

protese-3.jpg

Peças criativas já foram confeccionadas como, por exemplo, uma “perna stereo” que possui alto-falantes embutidos, uma opção legal para quem gosta de música. Já para um ex-soldado a escolha foi de um design anatômico modular, e para uma jovem mãe, uma prótese cheia de flores.

protese-1.jpg

O estúdio também produz membros de aparência realista para aqueles que querem reconstruir sua aparência anterior.

Os interessados podem acessar o site do projeto e preencher um formulário, onde pode encontrar a média de valores que deseja investir. Eles variam de 3 mil a 15 mil libras, o equivalente a 9 mil e 40 mil reais, um preço não muito acessível.

Será que essa seria um alternativa viável para o mais de 400 mil brasileiros amputados (dados do Censo 2000 do IBGE)?

EcoDesenvolvimento.org - Tudo Sobre Sustentabilidade em um só Lugar.


Tags: